Loading
Carregando...

acoes | 29 outubro 2017

Ações culturais

FacebookTwitterGoogle+WhatsApp

Praça das Artes

O complexo Praça das Artes é um dos projetos urbanos desenvolvidos na gestão de Gilberto Kassab na Prefeitura de São Paulo. Com investimento de R$ 136 milhões, a Praça das Artes revitalizou a região em torno do Theatro Municipal de São Paulo. As obras foram iniciadas em maio de 2009, no quadrilátero formado pelas Ruas Conselheiro Crispiniano e Formosa, Avenida São João e Praça Ramos de Azevedo (a chamada Quadra 27, com prédios deteriorados). A primeira parte do complexo foi inaugurada em dezembro de 2012 em uma área de 29 mil m² e passou a ser ocupado em 2013.

O primeiro módulo da Praça das Artes abrigou as Escolas de Dança e de Música, o edifício do antigo Conservatório Dramático e Musical, totalmente restaurado, e um estacionamento para 200 veículos. Na inauguração, Kassab lembrou que o novo espaço para a cultura tinha por objetivo apoiar as atividades do Theatro Municipal, contribuindo para a capacitação de pessoas e para a revitalização do centro. “É um espaço que pode receber grandes eventos, integrado à cidade e democrático”.

A Escola de Dança tem vestiários e 10 salas amplas, todas equipadas com espelhos, barras e piano. Também contam com uma acústica especial, para que os ensaios de dança não provoquem trepidação, o que prejudicaria os trabalhos dos alunos de música. A Escola forma bailarinos, em dança clássica e contemporânea, com foco no atendimento de crianças e adolescentes. A edificação é acessível a pessoas com deficiência física. É dotada de dois elevadores comuns e um com capacidade para até 3.525 kg, adequado ao transporte de equipamentos e instrumentos de grande porte. 

Assinado pelo arquiteto Marcos Cartum e Brasil Arquitetura, o projeto Complexo Praça das Artes recebeu o prêmio da Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA) em 2012 de Melhor Obra de Arquitetura, o “Icon Awards -Edifício do Ano”, em 2013 e foi finalista dos ‘Projetos Impressionantes das Américas’, da Mies Crown Hall Americas, em 2014.

 


Virada Cultural

Na gestão Kassab, a Virada Cultural chegou à oitava edição reunindo mais de 4 milhões de pessoas, contribuindo para a redescoberta do centro histórico de São Paulo, além de levar atrações a todas as regiões da capital.

 


 

Quebrada cultural

Concebido na gestão Kassab, o evento levou shows e entretenimento gratuitos à periferia da cidade em 75 edições.

 


CEU é show – nos Centros Educacionais Unificados

O programa oferece gratuitamente atividades culturais e esportivas para os moradores das periferias de São Paulo. Foram mantidos, aperfeiçoados e ampliados alguns programas da gestão anterior, como o de Teatro, Música e Dança Vocacional, em parceria com a Secretaria da Cultura, para a formação de artistas.

 


Centro de Formação Cultural Cidade Tiradentes

Criado no final da gestão Kassab em 2012, o CFCCT está situado numa região com alto índice de vulnerabilidade social. O Centro promove atividades e cursos de formação técnica em profissões ligadas à arte e à cultura para todas as idades, mas com foco privilegiado nos jovens e crianças.

 


Museu do futebol

Kassab implantou o primeiro museu do gênero no Brasil, apresentando a história do futebol através de elementos audiovisuais e muita interatividade com o público. O museu está localizado no estádio do Pacaembu.

 


Recuperação de Imóveis Históricos

A gestão Kassab foi a responsável pela reforma e recuperação de importantes equipamentos históricos e culturais como o Solar da Marquesa de Santos, Casa nº1, Beco do Pinto. Também foram reformados 41 bibliotecas municipais e oito teatros, incluindo o Theatro Municipal e a Biblioteca Mário de Andrade.

 


Bibliotecas temáticas

Além do acervo comum a todas as unidades da rede, Kassab colocou à disposição da população um acervo específico com ampla programação cultural sobre temas escolhidos de acordo com a história e a vocação de cada biblioteca. Entre 2006 e 2012, foram inauguradas 11 unidades.

 


Ônibus Biblioteca

Durante a gestão Kassab, o programa que atende a bairros desprovidos de unidades culturais foi expandido, facilitando o acesso aos livros e à informação.

 


Criação do Centro de Memória do Circo

Kassab construiu o primeiro centro de memória do Brasil consagrado exclusivamente ao circo e suas artes. O Centro nasceu da necessidade de reconstituir, preservar e difundir a história do circo no nosso país.


Nova Sé

Depois de passar pela maior reforma de sua história, a Praça da Sé foi reaberta ao público no segundo ano de mandato de Kassab na Prefeitura, completamente revitalizada e mais bonita.

 


Fomento ao Cinema e à Dança

Durante a gestão Kassab foram destinados recursos para projetos de longa-metragem e companhias de dança, num trabalho voltado à formação de novos públicos e difusão da cultura.

 


Programa de Iniciação Artística (PIÁ)

O Programa foi implantado em 2008 nos CEUs e bibliotecas municipais para desenvolver a sensibilidade, a percepção, a imaginação e a criatividade de crianças e adolescentes.