Loading
Carregando...

acoes | 12 novembro 2017

Educação e Formação

FacebookTwitterWhatsApp

Construção de novas escolas e CEUs

Quando Gilberto Kassab assumiu a Prefeitura de São Paulo implantou um sólido programa de construção de escolas e CEUs – os grandes centros de educação, cultura e lazer instalados na periferia. Em dezembro de 2012, ao terminar o segundo mandato, foram entregues 273 escolas e iniciadas as obras de outras 72 novas unidades. E a cidade ganhou 25 novos CEUs, entre eles o Centro de Convivência Educativo e Cultural de Heliópolis, parte do processo de urbanização da maior favela da cidade. Em 2004, 80% dos alunos do ensino fundamental estavam no terceiro turno; em 2012, eram apenas 6%. Todas as escolas novas foram construídas atendendo às normas de acessibilidade.

 


Valorização dos professores

O grande programa de obras para ampliar a rede e dar maior conforto aos alunos foi acompanhado de um plano para a valorização do professor. Na gestão Kassab os professores da rede direta tiveram aumento de 71,1% no salário, oportunidades de capacitação profissional e reconhecimento por desempenho educacional.

 


Programa Valeu, Professor

O Programa Valeu, Professor foi uma iniciativa criada em 2009 pelo Prefeito Gilberto Kassab para homenagear os educadores. Realizado anualmente pela Secretaria Municipal da Educação, o projeto promoveu nos dias 2 e 3 de outubro uma maratona de mais de 24 horas de atividades artísticas, culturais, gastronômicas, lúdicas e esportivas em todas as regiões da cidade. Foram mais de cem eventos para abrir as festividades do mês da Educação. Além dos eventos culturais, o programa lançado por Kassab incluiu benefícios como o Cartão do Educador, que oferecia desconto de 20% aos professores na compra de livros.

 


Mais de 800% de aumento nos recursos para a educação

Entre 2005 e 2012, o orçamento da Secretaria Municipal de Educação saltou de 766,7 milhões para 7,3 bilhões, aumento superior a 800% nos recursos anuais para a área.

 


Novas matrículas em creches

Com Gilberto Kassab na Prefeitura, a cidade de São Paulo viu a maior expansão de matrículas de creche de sua história. Ele incrementou o orçamento para a educação infantil, que cresceu oito vezes ao longo do seu governo. A construção de dezenas de novas creches e a formalização de convênios permitiu aumentar em 150 mil o número de vagas disponíveis.

 


Universalização da pré-escola

A partir do penúltimo ano da gestão Kassab na Prefeitura (2011), as crianças com 3 anos completos no início do ano letivo passaram a ser atendidas em creches e não mais na pré-escola, que passou a ter dois anos.

 


Fim de todas as escolas e salas de lata

Introduzidas na cidade de São Paulo na década de 1990 como forma de contornar a falta de vagas nas escolas municipais, as escolas de lata foram totalmente desativadas na gestão Kassab, substituídas por instalações adequadas para receber crianças e professores.

 


CEUs – Centros Educacionais Unificados

Um complexo educacional, esportivo e cultural caracterizado como espaço público múltiplo, os 25 CEUs da gestão Kassab foram projetados a partir do aprendizado dos profissionais de educação que atuaram nas primeiras 21 unidades, construídas na gestão anterior. O CEU de Heliópolis foi projetado pelo arquiteto Ruy Othake, com a colaboração da comunidade.

 


Redução em 95% de alunos que estudavam em escolas com três turnos

Com o programa de obras e reformas implantado por Gilberto Kassab em sua gestão, o turno da hora do almoço (“turno da fome”) foi praticamente extinto e a carga horária de toda a rede municipal ampliada.

 


Programa Ampliar

Gilberto Kassab criou o programa que aumenta a permanência do aluno nas Escolas Municipais de Ensino Fundamental para até 7 horas, com a oferta de atividades esportivas e culturais. Mais de 260 mil alunos foram beneficiados.

 


Merenda na escola

Em 2009, uma nova licitação resultou em preços 22% menores e melhor qualidade para as 1,8 milhão de refeições que eram servidas diariamente nas escolas municipais.

 


Programa Inclui

Criado em 2010, é o maior e mais completo programa de inclusão em escolas do país, oferecendo formação específica para os professores e ambiente, mobiliário e materiais adequados para os alunos. Muitas escolas foram reformadas para torná-las acessíveis.

 


Indique, o novo indicador da Secretaria de Educação

Implantado no penúltimo ano da gestão Kassab (2011), o Índice de Qualidade na Educação (Indique) foi desenvolvido para auxiliar no desenho de políticas de apoio às escolas, levando em consideração sua realidade.

 

 


Prova São Paulo

Em 2007, Kassab implantou uma eficiente ferramenta de avaliação dos alunos do Ensino Fundamental. Aplicada anualmente, a prova enfoca a proficiência dos estudantes em Língua Portuguesa, Matemática e Ciências.

 


Implantação da Prova da Cidade

Criada em 2009, a prova é aplicada três vezes ao ano – abril, junho e setembro – a partir do 2 º ano do Ensino Fundamental, avaliando os conhecimentos em Língua Portuguesa e Matemática.

 


Melhora no IDEB – Índice de Desenvolvimento da Educação Básica

Os resultados do IDEB apontam uma melhora contínua na qualidade da educação da Rede Municipal de Ensino de São Paulo durante a gestão Kassab.

 


Programa Ler e Escrever

Criado em 2006, o Ler e Escrever visa à alfabetização de alunos até o 2° ano do Ensino Fundamental. O programa beneficiou quase meio milhão de estudantes e foi vital no processo de melhoria do ensino, além de ter sido o ponto de partida para construção do currículo único da rede municipal.

 


Programa Minha Biblioteca

Criado pela gestão Kassab em 2007 para incentivar o hábito de leitura, o Programa Minha Biblioteca, inédito no País, distribuiu cerca de 4 milhões de livros a 550 mil alunos do Ciclo I do Ensino Fundamental até 2012.


 

Programa Aprendendo com Saúde

Lançado por Gilberto Kassab em abril de 2009, o projeto consiste em treinar professores da Rede Municipal para que possam realizar testes de acuidade visual nos alunos do 1 º ano do Ensino Fundamental.

 


Programa Recreio nas Férias

O Prefeito Gilberto Kassab aperfeiçoou o programa que permite que os alunos da rede municipal de ensino se divirtam durante o recesso escolar. O Recreio nas Férias é uma solução para famílias que não têm alternativas de lazer para as crianças no período de férias.