Loading
Carregando...

acoes | 22 setembro 2017

Future Cities – Planning for the 90 Percent Award 2012

FacebookTwitterWhatsApp
06/07/2012
"Future Cities - Planning for the 90 Percent"

Projeto Cantinho do Céu recebe Menção Especial  “Future Cities – Planning for the 90 Percent Award”

O projeto para a reformulação da comunidade Cantinho do Céu, em São Paulo, recebeu o prêmio Future Cities: Planning for the 90 per cent, da Bienal de Arquitetura de Veneza. A informação foi publicada nesta quinta-feira (6) pelo jornal Folha de S. Paulo, segundo o qual a iniciativa brasileira foi premiada juntamente com mais duas propostas internacionais – uma do escritório Ateliermob, de Portugal, e outra da ONG Interazioni Urbane, da Itália.

O projeto Cantinho do Céu, iniciado em 2008 pelo então governador José Serra e pelo prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (presidente nacional do PSD), envolve os bairros Parque Residencial dos Lagos, Cantinho do Céu e Jardim Gaivotas, localizados às margens da represa Billings, na região da Capela do Socorro.

O Complexo foi objeto de ações de urbanização e revitalização, realizadas pela Secretaria Municipal de Habitação (Sehab), com a remoção de famílias e intervenções para melhorar a infraestrutura do local. As obras, concluídas no primeiro semestre de 2012, beneficiaram mais de 10 mil famílias de baixa renda.

Programa de Mananciais

O plano habitacional assinado pelos arquitetos Marcos Boldarini e Melissa Matsunaga, em parceria com a Sehab (Secretaria Municipal de Habitação), já havia sido exposto na Bienal Internacional de Arquitetura de Roterdã. A premiação Future Cities: Planning for the 90 per cent é um dos eventos paralelos à 13ª Bienal de Arquitetura de Veneza e tem como principal objetivo incentivar planos arquitetônicos de baixo custo com capacidade de causar mudanças efetivas no espaço urbano. Das cem propostas inscritas, provenientes de várias partes do mundo, dez foram exibidas durante a Bienal e apenas três delas conquistaram o prêmio.

O projeto de urbanização do Cantinho do Céu faz parte do Programa de Mananciais, parceria da Prefeitura com o Governo do Estado e a Sabesp que tem como objetivo a conservação do saneamento ambiental das represas Guarapiranga e Billings por meio do controle da ocupação desordenada em áreas de preservação.

Bienal Panamericana de Arquitetura  de Quito 2010

Em abril de 2012, as intervenções no Cantinho do Céu foram concluídas com a entrega do sistema viário completo e cerca de 85% do sistema de saneamento implantado. Dessa forma, as 10.889 famílias moradoras da região contam agora com rede de esgoto, pavimentação nas vias, contenção de encostas, vielas e um endereço oficial podendo, enfim, viver com dignidade.

O parque linear possui 1,5 km de área construída e abriga quadras de vôlei, futebol (de areia e com grama sintética), academia ao ar livre, três deques, pista de skate, playground e estacionamento. A Secretaria Municipal do Verde e Meio Ambiente (SVMA), responsável pela implantação dos parques da Cidade, realizou um trabalho de conscientização da população para a importância da manutenção dos equipamentos e da proteção do meio ambiente. Isso é garantido também pela presença constante da Guarda Civil Metropolitana (GCM) que fiscaliza a área nas ações da Operação Defesa das Águas, que atua nos mananciais Guarapiranga e Billings e seu entorno, e em outras regiões, como as nascentes da Cantareira.

Em 2010, o projeto Cantinho do Céu já havia sido premiado, junto com a urbanização da favela Paraisópolis, na Bienal Panamericana de Arquitetura, realizada no Equador. Os projetos de urbanização de Paraisópolis e do Cantinho do Céu foram os grandes vencedores da XVII Bienal Panamericana de Arquitetura de Quito, Equador, realizada de 15 a 19 de novembro de 2010. As duas comunidades foram premiadas na categoria Habitat Social y Desarrollo Urbano (Habitação Social e Desenvolvimento Urbano), única modalidade internacional do evento. A bienal premiou as práticas mais relevantes para eliminação da pobreza urbana e inadequação habitacional promovidas por cidades latino americanas.