Loading
Carregando...

noticias | 31 agosto 2018

Brasil avança na independência no domínio da energia nuclear, diz Kassab

FacebookTwitterGoogle+WhatsApp

O ministro Gilberto Kassab participou, na quinta-feira (30), da inauguração da sétima cascata de ultracentrífugas da INB (Indústrias Nucleares do Brasil), na Fábrica de Combustível Nuclear, em Resende (RJ). A nova instalação vai ampliar em 25% a produção de urânio enriquecido, o que significa um aumento de 50% da capacidade de produção do combustível necessário para uma recarga anual da Usina Angra 1.

A inauguração faz parte da primeira fase da implantação da Usina de Enriquecimento Isotópico de Urânio, projeto em conjunto com a Marinha do Brasil, que visa a instalação de 10 cascatas de ultracentrífugas e deverá, ao final, atender cerca de 70% da demanda de urânio enriquecido necessário para uma recarga de Angra 1. Já a segunda fase prevê a instalação e o comissionamento de mais 30 cascatas de ultracentrífugas, o que dará à INB capacidade para atender plenamente as recargas de Angra 1, 2 e 3, atingindo uma escala comercialmente sustentável de produção.

“Com essa inauguração, o Brasil mostra a sua capacidade e caminha para a independência no domínio da energia nuclear”, afirmou Kassab, na cerimônia. “É importante destacar o quanto é importante investir em ciência e tecnologia para ver projetos como esse sendo desenvolvidos.”

O diretor de Desenvolvimento Nuclear e Tecnológico da Marinha, almirante Bento de Albuquerque Jr, ressaltou a parceria de quase 20 anos com o MCTIC. “Hoje é um marco significativo para o desenvolvimento da indústria nuclear brasileira.”

Fonte: MCTIC