Loading
Carregando...

noticias | 25 setembro 2018

Projeto Sirius recebe aporte de 70 milhões

FacebookTwitterWhatsApp

A equipe econômica do governo federal divulgou a disponibilização de R$ 70 milhões para a conclusão da primeira etapa das obras da fonte de luz síncrotron Sirius. A disponibilização destes recursos viabilizará a conclusão das obras civis do prédio de 68 mil m2, a montagem total dos três aceleradores e, até novembro, a “volta de elétrons” em dois deles. Além da importância científica em si, o projeto se destaca por serem empreendidas obras de alta precisão.

Atualmente em construção no Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM), em Campinas (SP), o Sírius é considerado a maior e mais complexa infraestrutura da ciência brasileira. O Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações já investiu R$ 1,29 bilhão no projeto, que deverá custar R$ 1,8 bilhão no total.

“O Sirius é um projeto fundamental para o governo brasileiro e temos convicção da necessidade de criarmos oportunidades para as gerações que estão chegando”, disse o ministro Gilberto Kassab.

O acelerador de partículas Sirius vai colocar o Brasil na fronteira do conhecimento ao abrir novas perspectivas em áreas como ciência dos materiais, nanotecnologia, biotecnologia, física e ciências ambientais, além de contribuir para a internacionalização da ciência brasileira por meio do aumento da presença de estrangeiros entre os usuários.

Fonte: MCTIC