Loading
Carregando...

noticias | 25 outubro 2018

Kassab apoia união de institutos de pesquisa de todo o Brasil

FacebookTwitterGoogle+WhatsApp

A união de institutos de pesquisa de todo o país é um dos vetores para a melhoria na vida dos brasileiros. É o que ressaltou o ministro Gilberto Kassab, na manhã desta quarta-feira (24), durante a abertura da reunião dos coordenadores dos Institutos Nacionais de Ciência e Tecnologia (INCTs). O evento foi sediado na sede do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), em Brasília (DF).

Kassab reconheceu a dificuldade na obtenção de recursos públicos suficientes para atender à demanda da comunidade científica. Por isso, ele reforçou a importância de se chegar a um investimento de 2% do Produto Interno Bruto (PIB) em pesquisa, além de destacar a importância do repasse de verbas para manter vivos os INCTs.

“A pesquisa e a ciência precisam ter a dimensão do Brasil, e isso passa também pelos recursos destinados aos INCTs. Temos uma demanda já antiga de recursos e esperamos que possamos contar com 2% do PIB para investimentos no setor de ciência, tecnologia e inovação logo”, explicou. “Assim, atingiremos nosso objetivo que é contribuir com nosso trabalho para um Brasil melhor e com mais qualidade de vida”, disse.

O programa dos INCTs começou há 10 anos, com um edital lançado pelo CNPq, que selecionou 123 iniciativas. Hoje, o programa engloba 1.937 instituições, com 6.794 pesquisadores envolvidos. 

Para o ministro Kassab, a unidade e a relevância dos INCTs foi um dos fatores importantes para que a pasta conseguisse ter acesso a mais recursos. “Nossa união de nos proporcionou chegar com peso até as autoridades da equipe econômica e colocar nosso ponto de vista. Com isso, conquistar soluções diferenciadas para nosso ministério e instituições”, destacou.

Fonte: MCTIC