Loading
Carregando...

noticias | 11 junho 2019

Novo programa de inovação é legado da gestão Kassab

FacebookTwitterWhatsApp

A Financiadora de Inovação e Pesquisa (Finep), agência do Governo Federal, lançou nesta terça-feira (11) o Inovacred 4.0, programa de estímulo à inovação com foco em Internet das Coisas e tecnologias habilitadoras para indústria 4.0. A iniciativa prevê financiamentos que totalizam R$ 200 milhões. O projeto é desdobramento de ações desenvolvidas durante a gestão de Gilberto Kassab no Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC).

Uma dessas ações foi a parceria inédita firmada com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) para investimento em projetos de inovação. Além disso, na gestão Kassab também foi proposta a reformulação do papel da agência.

O acordo com o BID foi assinado em agosto de 2018, entre o banco, o Ministério e a agência vinculada à pasta, em Brasília. Dentro do programa “Inovar para Crescer”, já em execução, estão compreendidas linhas de ação em diferentes setores como biocombustíveis avançados, saúde, agronegócios e tecnologia da informação.

O Inovacred 4.0, lançado nesta terça-feira (11), é parte do programa Finep IoT (em inglês, “internet of things” ou Internet das Coisas), também construído durante a gestão que se desenvolveu entre 2016 e 2018. Prevê que as empresas recebam financiamento para agregar soluções digitais voltadas a ampliar sua produtividade e tem como alvo aquelas que tenham faturamento de até R$ 300 milhões.

Internet das Coisas compreende o uso intensivo da rede para conexão entre equipamentos para potencializar atividades – e no caso de atividades empresariais, aprimorar a produtividade por exemplo com o uso de sensores e inteligência aplicada à produção.

Tecnologias habilitadoras para indústria 4.0 compreendem uso de robôs, simulação digital, integração de sistemas e outras evoluções no processo produtivo.

O financiamento a esse tipo de melhoria na indústria foi um dos aspectos motivadores do acordo com o BID, apontou o ex-ministro Kassab, presidente do PSD. “O acordo celebrado entre o Ministério e o BID resultou na liberação de US$ 1,5 bilhão para projetos de inovação, algo de caráter inédito. E este programa que a Finep lança agora compreende apenas parte dos recursos”, disse.

“O anúncio que a Finep faz hoje está neste contexto e é um incremento muito importante para um segmento em que apostamos durante a gestão – referente ao vasto campo de Internet das Coisas”, disse Gilberto Kassab. “O Brasil tem enorme potencial neste segmento, e a inovação com base tecnológica é um grande horizonte.”

Entre outras medidas com foco em Internet das Coisas, a gestão que se encerrou em 2018 preparou com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) um Plano Nacional de IoT, que identificou potenciais do Brasil no segmento, “gargalos” para aprimoramento e iniciativas que podem levar a um mercado de US$ 200 bilhões até 2025, segundo levantamento do banco.

Continuidade

Ronaldo Camargo, ex-presidente da Finep, apontou que a parceria assinada no ano passado com o BID, além de inédita, representa o repasse de recursos para projetos no Brasil a juros baixos, com cinco anos de carência e vinte anos para pagamento, o que assegura também continuidade de projeto. “Quando formatado, esse programa em parceria com o BID, foi imaginado para dar sequência a um sistema de inovação no país, permitindo apostar em iniciativas diferentes em todo o Brasil”, afirmou o gestor, hoje diretor-presidente da Empresa Metropolitana de Águas e Energia de São Paulo (Emae).

Fonte: PSD