Loading
Carregando...

Prioridades

Cultura

A cultura faz parte do contexto de qualquer política de governo que priorize a melhor qualidade de vida das pessoas.

Em minha gestão como prefeito de São Paulo, pela primeira vez foram priorizadas ações voltadas às pessoas e a cultura foi muito privilegiada com verbas orçamentárias. Estabelecemos um novo marco na agenda da cidade com a Virada Cultural, que se transformou em referência para eventos. Ampliamos o acesso à cultura com diversas iniciativas, como a criação do Centro Cultural da Juventude, da Praça das Artes, da reforma dos teatros de bairros e da rede de Bibliotecas Temáticas. Também investimos em programação regular de teatros, bibliotecas e centros culturais, e iniciamos obras importantes como a restauração e modernização da Biblioteca Mário de Andrade e a recuperação do Teatro Municipal.

É importante lembrar que cultura, educação e informação andam de mãos dadas e devem ser democratizadas. E nisso o acesso à internet e aos meios de comunicação tem papel fundamental. Como ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, além de trabalhar para o aumento da inclusão digital e do acesso à banda larga no País, acompanho as atividades dos departamentos que estimulam o desenvolvimento de programas voltados à educação científica à distância, entre outras ações voltadas à acessibilidade ao conhecimento.

A gestão de cultura nos últimos anos, além de ser ampla e eficiente, tem uma característica muito importante, uma marca para as próximas décadas.

Reformas de teatros e bibliotecas
Além do Theatro Municipal, a administração Kassab reformou mais oito teatros da cidade e criou outros novos. E das 107 bibliotecas da cidade, 41 foram reformadas, incluindo a biblioteca mais importante de São Paulo, a segunda do país: a Mario de Andrade.
Internet para Todos
Viabilizado pelo primeiro satélite brasileiro, lançado durante a gestão de Kassab como Ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, o programa pretende garantir conectividade em banda larga a 40 mil locais em todo o País.
Centro de Memória do Circo
O primeiro centro de memória do Brasil consagrado exclusivamente ao circo nasceu da necessidade de reconstituir, preservar e difundir parte importante da nossa história, e reafirmar a vocação circense do local em que se encontra: o Largo do Paissandu, principal referência do circo brasileiro no século XX.